VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Ativista negra brasileira ganha prêmio internacional nos EUA

Ativista negra brasileira ganha prêmio internacional nos EUA


 
Da Redação

Piracicaba/SP – A organização Institute Black Latin Afro Diáspora Celine Cruz, sediada em Nova York, EUA, anunciou o nome da brasileira Silvana Veríssimo, da entidade Nzinga Mbandi, como ganhadora do Prêmio que é concedido pela instituição pela contribuição como ativista à luta contra o racismo no Brasil.
 
O Prêmio Institute Black Latin Afro Diaspora Celine Cruz é cedido as pessoas da América Latina e Caribe que se destacam pelas luta contra a discriminação racial. É a primeira vez que uma brasileira é agraciada com o prêmio. "Eu fiquei sabendo ontem [sábado, 22/06] à noite. Para mim foi uma surpresa. Dediquei o prêmio a todos nós. Não ganhei sozinha", disse Silvana à Afropress, acrescentando ter pensado, ao receber o e-mail com a notícia, de que se tratasse de uma brincadeira.
De acordo com Rosmarry Cruz, diretora do Institute Black Latin Afro Diáspora Celine Cruz, a indicação da ativista brasileira foi feita por duas alunas do Instituto, Helison Drauye e Meredith Jonsh, que entre 2009 e 2012 estvieram no Brasil estudando comunidades negras.
 
Elas dizem ter ficado impressionadas com a habilidade de Silvana na mobilização, interlocução e articulação com os demais movimentos e organizações, sua crença na transformação social, determinação, valorização do ser humano e, principalmente, sua simplicidade.
 
A cerimônia de premiação será no próximo mês de julho, na cidade de Nova York/EUA. Além de Silvana, serão premiadas também Maria Santigo (Colômbia), Layla Montserrat (Peru), Adelita Gonzalez (Venezuela) e Avelar Cruz Rosada, da Guatemala.
 
Fonte: AfroPress