VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

quarta-feira, 3 de julho de 2013

Após quase 20 anos, Prada coloca modelo negra em nova campanha

                   
A MODELO NA NOVA CAMPANHA DA GRIFE (Foto: Divulgação)
 
 
Desde que Naomi Campbell estrelou um anúncio da Prada em 1994, a grife italiana não colocou mais modelos negras em seu casting publicitário (nas passarelas, a top Jourdan Dunn apareceu durante desfile em 2008). Isso até o momento, já que a new face de 19 anos Malaika Firth é a garota-propaganda da coleção outono-inverno 2013 ao lado de um time de tops, como Christy Turlington, de 44 anos. 
 
A queniana radicada no Reino Unido mostrou, através do seu perfil do Twitter, a empolgação com a notícia ao postar que estava "completamente em êxtase" quando descobriu que tinha conseguido a campanha. "Infelizmente, eu não consegui falar com Christy, pois ela estava ocupada com cabelo e maquiagem, mas ela é linda e parece ser uma pessoa realmente adorável.", disse ela para o jornal "Telegraph".
 
MALAIKA NO DESFILE RESORT 2014 DA GRIFE (À ESQ.) E NAOMI, NO ANÚNCIO PARA A MESMA GRIFE, EM 1994 (Foto: Divulgação)
 
 
Jornais como os britânicos "Daily Mail", "Guardian" e "Telegraph" já apostam em Malaika como "a nova Naomi". O blog norte-americano Jezebel mostrou surpresa com essa novidade da grife através da nota: "O mundo da moda tem sérios problemas com etnias: ou colocam números insignificantes de representantes de outras raças nas passarelas, ou fazem referências estereotipadas e ignorantes em editoriais. Talvez nenhuma outra marca tenha colocado tantas modelos brancas em suas campanhas quanto a Prada. O que fez a empresa contratar uma modelo negra para sua campanha? Ainda não foi revelado. Só esperamos não termos que aguardar mais duas décadas para ver isso acontecer de novo". Se Malaika será ou não a nova Naomi, ainda é cedo para afirmar. Para saber, acompanharemos as novidades sobre a modelo.
 
Fonte: Marie Claire