VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Estado investe R$ 4 milhões na qualificação de jovens negros

O governador Jaques Wagner e a ministra Marta Suplicy lançaram, nesta quinta-feira à tarde (18/7), no Palácio Rio Branco, na Praça Thomé de Souza, o Edital Núcleo de Formação de Agente de Cultura da Juventude Negra – Nufac, para a seleção de 10 propostas de entidades visando à realização de curso de formação profissional de 1.200 jovens de baixa renda de todo o País nos próximos 12 meses.



Serão investidos R$ 4 milhões provenientes do Fundo Nacional de Cultura no projeto. O objetivo é formar agentes de cultura para atuar na qualificação profissional de jovens negros das classes de baixa renda nas áreas de esporte e cultura.

Foi assinado, ainda, protocolo de intenções entre a Fundação Cultural Palmares e a Universidade Federal do Recôncavo Baiano para o mapeamento de manifestações artísticas e culturais afrobrasileiras da Região Nordeste.

Mais cedo, o governador Wagner visitou o Museu Nacional de Cultura Afrobrasileira – Muncab, na Rua do Tesouro, no Centro Histórico de Salvador, concebido para ser um centro nacional de pesquisa e referência da cultura afrobrasileira. O Muncab integra o projeto de renovação da política cultural do Ministério da Cultura e conta com o apoio do governo do Estado da Bahia.

Logo mais, às 19 horas, o governador participa da homenagem aos 90 anos de Mário Cravo Jr, com o descerramento de escultura de autoria de Luiz Tourinho, que registrará o nome da Sala de Arte Contemporânea do Palacete das Artes, no bairro da Graça, como “Sala de Arte Contemporânea Mário Cravo Jr”.

O escritor e escultor Mario Cravo é uma referência da primeira geração de modernistas da Bahia (anos 1940 e 1950). Tem obras em diversos espaços públicos de Salvador e no acervo de diversas instituições internacionais, como em Nova York e São Petersburgo, na Rússia.