VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

domingo, 28 de julho de 2013

PROCURA-SE ASSASSINO DE ZULMIRA!



Pra quem não se lembra mais, Zulmira Cardoso, angolana, foi assassinada com um disparo na testa no Estado de São Paulo no Brasil. Era estudante no Brasil, tinha 27 anos e terminou a sua formação em 2011.

ELE DESCEU DO SEU GOLF PRATA, ATIROU NO GRUPO DE ESTUDANTES AFRICANOS QUE CONVERSAVA NUMA ESQUINA NO BRÁS EM SÃO PAULO..

ZULMIRA DE SOUZA BORGES CARDOSO.26 ESTUDANTE DE ENGENHARIA, FOI ATINGIDA NA TESTA E MORREU NO LOCAL.

EM CELINA BENTO MEDONÇA, 34, GRÁVIDA DE 8 MESES, ELE PREFERIU ATIRAR NA BARRIGA.

GASPAR ARMANDO MATEUS, 27, FOI BALEADO NA BARRIGA.

RENOVALDO CAPENDA, TAMBÉM FOI ATINGIDO.

20 MINUTOS ANTES O RACISTA ASSASSINO, OFENDERA O GRUPO NO MESMO BAR, CHAMANDO AOS ESTUDANTE DE ANGOLA E NIGÉRIA DE MACACOS.
 
PROCURA-SE RACISTA ASSASSINO!!!

GILMAR GREGÓRIO DA SILVA - HOMICÍDIO

Compartilhem por favor, VAMOS ENCONTRAR O ASSASSINO.

Sexo Masculino
Nasc. em : 15/06/1982

Natural de : AGRESTINA - PE

Características : OLHOS: CASTANHOS ESCUROS; CÚTIS: PARDA; CABELOS: CASTANHOS ESCUROS.

Histórico: Procurado pela Justiça, pelo crime
de homicídio GILMAR, em coautoria com JOSÉ MARCELO DE VASCONCELOS, este já capturado, efetuaram disparos de arma de fogo contra 4 (quatro) cidadãos angolanos, sendo que desses disparos resultou uma vítima fatal; uma jovem de 26 anos, ZULMIRA DE SOUZA BORGES, que acabara de concluir um curso de pós graduação no Brasil e preparava-se para retornar à Luanda, África, sua cidade natal. O crime ocorreu em maio de 2012, em um restaurante no bairro do Brás, São Paulo - SP.

Se você vir ele por ai, entre em contato com a polícia pelos meios que seguem em anexo: email, telefone e ou endereço. Não é preciso se identificar.

Esteja com o código em mãos: "BD : 144" - Importante!

DIVISÃO DE VIGILÂNCIA E CAPTURAS
EMAIL "procurados@policiacivil.sp.go
v.br"
ENDEREÇO: Rua Brigadeiro Tobias, 527 - Bairro Luz
CEP 01032-902 - São Paulo/SP - Brasil
FONES: (11) 197 ou 3311-3165
.
Fonte de notícias na época:
http://mamapress.wordpress.com/2012/05/24/assassinato-de-estudante-angolana-jornalista-teme-que-suscite-odios-entre-dois-continentes-e-hora-de-refletirmos-juntos/