VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Cadê a Lurdinha?






Muitos não sabem, mas semana passada uma das funcionárias terceirizadas da empresa Higlimp foi transferida para outra localidade de trabalho. Sem nenhum aviso prévio, ela foi informada por uma bilhete feito à mão que já não trabalharia na faculdade de direito. Aparentemente não há explicação para a sua transferência, mas testemunhas afirmam que a funcionária foi acusada de estar entrando em contato com pessoas do SINTUSP - Sindicato dos Trabalhadores da USP, procurando se informar sobre seus direitos trabalhistas. Essa semana, novos relatos envolvendo problemas de funcionários terceirizados também apareceram. Nossa intervenção visual retratou justamente sobre o tema, porém desapareceu no dia seguinte da sua colocação.

Cadê a Lurdinha? Quem são os terceirizados? Cadê o direito à manifestação?

Já esta mais do que na hora de discutir essa questão tão invisibilizada!

Fonte: Canto Geral