VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Rappers do ‘Tarja Preta’ ganham clipe de equipe santista

 Há sete anos uma dupla santista que canta rap, conhecida como "Tarja Preta", usa sua música para falar sobre problemas sociais. Com esse trabalho a dupla conquistou profissionais da região, que estão gravando o primeiro videoclipe das rappers. Preta Rara e Negra Jack gravaram o clipe da música ‘Faça abolição’.

O diretor do clipe Dino Menezes foi um dos profissionais cativado pela dupla. “São vários profissionais de cinema de Santos, nos unimos para produzir, sem fins lucrativos, somente por acreditar no trabalho delas, na cultura e na música santista””, conta.

Preta Rara explica que a música fala da cultura negra, antes do processo de abolição e após, com o que aconteceu com os negros. “Ela não é uma música dançante, é mais para refletir, para mostrar que nem muita coisa mudou após a abolição, que ainda estamos lutando pelo nosso espaço”, conta Negra Jack.


Renato De Lone, diretor de arte, conta como o clipe será construído. “A Preta Rara começou a falar coisas diretas, bem objetivas. O refrão diz ‘crianças negras não brincam com bonecas pretas’, a força do clipe está aí, nessa frase. A gente vai trabalhar como se fosse uma criança crescendo, passando por todos esses problemas, o que ela passa no dia a dia e no final tem um desfecho especial”, conta.

(Foto: Reprodução/TV Tribuna)


Preta Rara conta como será a surpresa. “Vão estar presentes nesta cena mais de 100 mulheres, de todas as etnias, de todas as cores, para fazer aquela grande festa com a gente e encerrar com chave de ouro”.  Para Negra Jack o momento é especial. “A gente esperou muito por isso. A gente teve essa oportunidade, ganhamos esse presente. Queremos agradecer a eles e a todo mundo que está colaborando, porque tem muita gente por traz para isso acontecer”.



Preta vê na oportunidade a realização de um sonho. “Sempre coloquei na mente nunca desistir. Apesar das dificuldades, sempre persistindo. Indo em eventos que a gente não ia receber, às vezes não recebia nem um copo d’água. Tudo passa como um filme no meio desse clipe. Chegar ao ponto que nós chegamos, ainda temos muita coisa para serem conquistadas, mas seu sempre glorifico, até onde nós já chegamos. Valeu a pena e eu repetiria tudo de novo, sem problema”.

O videoclipe está sendo finalizado e estará pronto no dia 30 de setembro na internet. O material está inscrito na categoria videoclipe, do Curta Santos, que será em outubro.


Fonte: G1